PAINEL DE NOTÍCIAS

Roubo de celular já representa 66% de ocorrências desse tipo de crime no estado de SP: como se manter seguro

Quinta, 27 Setembro 2018 18:19 Escrito ou enviado por Beatriz Nery

Dado faz parte do levantamento de junho da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado. Seguro para smartphone é opção para não ter prejuízo

São Paulo, setembro de 2018 – O roubo de celulares é uma situação cotidiana nas grandes cidades e quem mora no estado de São Paulo sabe bem que guardar o aparelho no bolso ou em uma bolsa não é garantia de segurança.

Os dados de junho de 2018 da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo só confirmam a realidade: 66% dos roubos registrados pelas vítimas tiveram um smartphone como objeto subtraído por criminosos. Na capital, de acordo com levantamento feito pela Polícia, 1.717 pessoas foram às delegacias para registrar o roubo do celular no mesmo mês.

Os índices refletem uma preocupação diária relacionada à falta de segurança daqueles que andam nas ruas, no transporte público e até mesmo dentro de seus carros parados no trânsito.

Para aumentar a segurança em relação ao seu aparelho, enquanto você estiver usando na rua para fazer e receber ligações, ler mensagens ou buscar uma informação, siga as seguintes dicas:

Esteja com o IMEI em mãos: com o número que serve como um “RG” do equipamento,é possível bloquear seu celular com a operadora em caso de roubo, furto ou perda. Acesse o portal de Consulta IMEI (https://www.consultaaparelhoimpedido.com.br/public-web/welcome) para se informar sobre a situação do seu aparelho.

Para saber qual é o IMEI, digite *#06# no seu celular.

Use senhas de bloqueio de tela

Mantenha a segurança de acesso aos dados do aparelho criando uma senha – que pode ser numérica ou de “ligue os pontos”. Assim, ela precisará ser colocada toda a vez que alguém tentar desbloquear a tela.

Faça boletim de ocorrência, se for roubado

Vá até a delegacia mais próxima e registre boletim de ocorrência. Há opções em alguns estados de fazer o registro pela internet. Se informe com a Polícia Civil ou Militar sobre qual é a melhor forma de proceder nesse caso.

Rastreie o aparelho

Tanto celulares com sistema operacional Android quanto iOS têm sistema de rastreamento. No Android, acesse o serviço de gerenciamento dos dispositivos registrados na sua conta Google. Lá, depois de bloquear o dispositivo, é possível apagar todo o conteúdo do seu smartphone e mantê-lo inacessível para o criminoso.

Para localizar equipamentos Apple, acesse sua conta no iCloud ou o aplicativo Buscar iPhone de outro equipamento Apple para rastreá-lo. A informação será mostrada em um mapa. Mas, atenção, não tente recuperar o iPhone sozinho. Informe a localização à polícia.

A Apple ainda dispõe do recurso Modo Perdido, caso o aparelho esteja desligado ou off-line. Assim, é possível apagar o dispositivo remotamente, o que evita que alguém acesse os dados contidos nele.

Contrate um seguro para smartphone

“Ter um seguro para o smartphone é uma forma válida de evitar dor de cabeça. Como realizamos cada vez mais tarefas diárias pelo celular, garantir a proteção do aparelho gera uma tranquilidade, caso aconteça algum problema”.

O seguro contra roubo para celular prevê um aparelho novo em caso de roubo, furto ou quebra acidental. Dependendo da apólice escolhida por você, pode estar inclusa assistência técnica e indenização em caso de perda, furto, roubo ou dano. Proprietários de celulares mais tecnológicos e aparelhos com maior valor de mercado são alguns dos beneficiados por essas garantias. 

Acesse www.cwseguros.com.br e contrate o seguro de seu smatphone de forma simples e rápida.